sábado, 18 de dezembro de 2010

35) O peão de obra na madrugada.

Sou Exibicionista, adoro que me vejam “peladinha”, gosto de andar assim de madrugada pelas ruas e um dos tipos de homem que mais me agrada é um porteiro ou vigia de prédio, peão de obra, homens bem rústicos e grosseiros, já dei pra alguns e uma das vezes foi assim: eu tava com 15 anos e de madrugada em frente a uma obra fiquei do outro lado da rua e tirei o short,fiquei peladinho mostrando a bundinha, tinha um vigia, ele me viu,fiquei com medo, mas com muito tesão, ele gritou pra mim: hei você! que tá fazendo? eu não respondi, virei o rosto pra ele depois passei a mão na bundinha, esfregando e apertando ela, então ele saiu de dentro da obra e veio na minha direção, fiquei com mais medo ainda, será que ele ia me bater? fiquei ali em pé e ele chegou perto perguntando em voz alta pra intimidar: que você tá fazendo? tá querendo o que viadinho? eu respondi, nada...ele meteu a mão na minha bunda e apertou bem forte, meteu a mão bem no meio do rego e esfregou o dedo no meu buraquinho e falou: quer um cacete, né? vem cá sua puta...vou te fuder, vem cá! e me puxou pelo braço pra dentro de uma cabine, um quartinho que tinha na frente da obra, tinha uma lâmpada acesa, uma mesinha, uma cadeira e uma janelinha que dava pra rua, ele me colocou de costas pra ele, eu me apoiei na mesa com a bundinha empinada, de pé mesmo, ele tirou a calça e ficava apertando minha bunda e roçando o pau nela, tava meio mole, ele pegou minha mão e levou até seu pau, de costas mesmo fiquei apertando ele, e punhetando um pouco, senti ele ficando duro,ele tirou minha mão e ficou forçando o pau no meu cuzinho e falava que eu ia ter o que queria, ia sentir seu cacete dentro do meu cuzinho, todinho....eu pedi pra ele cuspir no meu cú pra dar uma lubrificada, o pau dele era médio, devia ter uns 17cm mas era grosso...o homem devia ter uns 45 anos, então ele foi forçando mais e esfregando na portinha...eu ficava olhando pela janela, passavam alguns carros, ví umas 3 pessoas passando na rua, então quando a cabeça entrou eu abrí mais a bunda com as duas mãos, ele enfiou tudo, me segurou pela cintura e metia forte, eu abaixei mais e apoiei os cotovelos na mesa, ele metia e me xingava...meteu uns 5 minutinhos e gozou forte, sentia seu pau latejando dentro de mim....tirou o pau de uma só vez...escorria sua porra quente pelo meu reguinho...ele limpou o pau com uma toalha e me puxou, dizendo que agora eu podia ir embora, antes que alguém acordasse e pegasse a gente ali...e falou que se eu quisesse mais era só aparecer de novo que ele ia meter mais que tinha gostado do meu cú.

Nenhum comentário:

Postar um comentário